Exercício resolvido com um gráfico do movimento uniforme

Vamos fazer um exercício de cinemática que envolve o conhecimento de gráficos do movimento uniforme. Temos uma aula sobre esse assunto na seguinte página – gráficos do movimento uniforme.

O ideal é que você tente resolver a questão do vestibular da Universidade Federal de Pernambuco e só depois confira a resolução do exercício, está bem? Treinar o cérebro para resolver exercícios de física é o que vai te deixar cada vez mais rápido e preparado para sua prova.

Vamos para o exercício:

(UFPE) O gráfico representa a posição de uma partícula em função do tempo. Qual a velocidade média da partícula, em metros por segundo, entre os instantes t = 2,0 min e t = 6,0 min?
gráfico movimento uniforme

a) 1,5     b) 2,5      c) 3,5      d) 4,5      e) 5,5



É importante que o aluno além de resolver um exercício com clareza saiba, quando errar, onde está tendo dificuldade para que consiga estudar melhor o ponto em que está tendo dificuldade, esse ponto pode ser desde interpretação de texto até mesmo a memorização das equações.

Existe uma técnica de resolução de exercícios de física que além de levar a uma resolução correta ainda ajuda a identificar o tipo de dificuldade que o aluno apresenta. Eu ensino essa técnica, bem como as maneiras de superar as dificuldades, no meu curso Método Efeito Joule.

Esse curso não é oferecido durante todo o ano, são turmas fechadas em datas específicas. Quando o curso estiver disponível um banner será colocado nessa página para que os interessados possam se inscrever para uma das vagas.

Resolução do exercício

É pedido a velocidade média da partícula, em metros por segundo, entre os instantes t = 2,0 min e t = 6,0 min?

O gráfico de espaço por tempo que representa algo parado entre os instantes 0 e 3min e em seguida um movimento uniforme entre os instantes 3 min e 6 min.

Observando o gráfico podemos ver que a partícula está em repouso no espaço s0 = 2.102m no instante t = 2 min. depois de certo tempo inicia-se o movimento e no instante t = 6 min a partícula está no espaço s = 8.102m.

Sabemos que a velocidade média é dada pela seguinte equação:
Temos o espaço inicial e o espaço final:

S0 = 2.102m = 200m
S = 8.102m = 800m

Antes de começarmos a fazer os cálculos é importante observar que o espaço está em metros, mas o tempo está em minutos no gráfico. Então, precisamos fazer a conversão do tempo de minutos para segundos.

t0 = 2min = 2.60 = 120s
t = 6min = 6.60 = 360s.

Agora sim:

Logo a velocidade média da partícula, em metros por segundo, entre os instantes t = 2,0 min e t = 6,0 min é igual a 2,5m/s.

Alternativa b.
Comentários