Segunda lei de Newton

Vamos entender melhor a segunda lei de Newton, aplicar a segunda lei e resolver exercícios utilizando este recurso.

Todos os dias observamos vários tipos de movimento. São carros acelerando, objetos caindo, pessoas andando, a todo o momento observamos estes movimentos que se alteram a cada instante. Estas alterações no movimento são determinadas pela força resultante e pela massa dos corpos. A aceleração é o que determina se o carro vai parar ou vai “ganhar” velocidade. A segunda lei de Newton relaciona as grandezas que podem alterar um movimento.

Enunciado da Segunda lei de Newton ou Princípio Fundamental da Dinâmica.

A segunda Lei de Newton ou princípio fundamental da dinâmica diz que, a força aplicada a um objeto é igual à massa do objeto multiplicado por sua aceleração.

A 2º lei de Newton também foi estudada por Galileu e pode ser escrita matematicamente da seguinte forma:

F=m.a

Onde:

F é a força aplicada;

m é a massa do corpo;

a é a aceleração do corpo;

Não é difícil de entender se você pensar no seguinte exemplo, se tivermos dois veículos em uma mesma rua plana, o primeiro veículo é um fusca e o segunda um grande caminhão. A grande diferença entre estes dois veículos é a massa, o caminhão é muito mais pesado que o fusca. Sendo assim, para fazer o caminhão se movimentar, ou seja, para aumentar sua velocidade é necessária uma força muito maior que a força necessária para movimentar o fusca. Se você empurrar o fusca com as próprias mãos, poderá até mesmo movê-lo com certa facilidade, mas dificilmente, conseguirá mover o caminhão desta mesma maneira. A força necessária para acelerar um corpo é diretamente proporcional a sua massa, está é a grande “sacada” da segunda lei de Newton.

A segunda lei é considerada por muitos professores como a mais importante da Mecânica e podemos utilizá-la para analisar movimentos de objetos próximos a Terra e também de corpos celestes. Em muitos exercícios de vestibulares vamos utilizar esta lei para chegar ao resultado esperado.

2ª lei de Newton


Agora você já pode ir para a página de exercícios e resolver alguns.

Até mais

Se você gostou do blog, siga o Efeito Joule  Twitter, no Facebook ou receba as atualizações por e-mail.   

9 comentários:
  1. vitória e raquel6 de agosto de 2011 15:51

    aprendi muitas coisas se todos os professores fossem como vc teria mais gente inteligente no mundo...

    ResponderExcluir
  2. Bianca =)
    Aprendi muito mais com essas explicações,isso tudo aumentou meus conhecimentos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, meu nome é Taciana, estou no 9° ano e achei sua explicação ótima, (melhor que a da minha professora). Parabéns,seu blog é um dos melhores do mundo!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Ameiii sua explicação.... espero encontrar grandes respostas, tirar minhas duvidas e aprender muitoo mais no seu blog!

    ResponderExcluir
  5. Esta explicação está ótima

    ResponderExcluir
  6. valeu meu peixe.. agradeço sua explicação....
    zeck

    ResponderExcluir
  7. aprendi muito com esse bolg...parabens...e mmuiito obrigada pela esta exelente explicação....

    ResponderExcluir
  8. obrigado ,nem todos sao como vc.

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.