Ilustrando aulas de física

O uso de ilustrações nas aulas de física proporciona o acesso ao conhecimento de forma agradável e divertida, permitindo ao aluno associar o aprendizado ao prazer. Além de despertar o interesse e a curiosidade do aluno, ilustrando as aulas de física podemos abordar de uma maneira lúdica conceitos fisicos que são considerados complexidos e de difícil compreensão. Desta maneira, os textos ilustrados ajudam a diversificar a estratéfia de ensino de fisica estimulando a produção e apropriação do conhecimento.

No texto sobre o uso da internet no ensino de física falei sobre a proposta do Efeito Joule de ser o primeiro blog ilustrado de física e como podemos utilizar esta tecnologia. No texto de hoje falo sobre as ilustrações do blog e como estas ilustrações se tornam mais um recurso didático no ensino desta ciência.

Através da parceria com o ilustrador Tainan Rocha, os textos do blog estão ganhando belas ilustrações. Esta estratégia pode ser utilizada nas aulas de física, estimulando o aluno e proporcionando uma maneira de transformar as idéias e conceitos em cituações do dia-a-dia do aluno.

As ilustrações nas aulas de física se tornam um ótimo recurso didático se bem utilizadas. Esta é a proposta do Efeito Joule, para cada texto de física fornecer a ilustração como mais um recurso didático. Continuando esta linha de pensamento, coloco aqui as últimas ilustrações produzidas para os nossos textos.

Estudo dos Gases
No século XVIII, Torricelli mediu pela primeira vez a pressão atmosférica e deu uma explicação adequada à natureza desse fenômeno. Assim, teve início o estudo dos gases. O estudo dos gases é o estudo das relações entre as grandezas macroscópicas dos gases, tais como a pressão, a temperatura e o volume de um gás.

Átomo: elétrons, prótons e nêutrons.


Na Grécia antiga, por volta de 600 a.C., Tales de Mileto fez algumas experiências com uma barra de âmbar (resina sólida fossilizada proveniente das árvores). Ele descobriu que, quando atritada com a pele de animal, a barra de âmbar adquire a propriedade de atrair pequenos pedaços de palha.

Eletrização por atrito

Se atritarmos um pedaço de flanela com um bastão de vidro, os dois corpos antes neutros, agora apresentam propriedades elétricas, dizemos então que os corpos foram eletrizados por atrito.

Lei de Coulomb


Charles Augustin Coulomb desenvolveu uma teoria que chamamos hoje de Lei de Coulomb. A Lei de Coulomb trata da força de interação entre as partículas eletrizadas, as partículas de mesmo sinal se repelem e as de sinais opostos se atraem.

Aplicações do Efeito Joule: Lâmpada incadescente

A lâmpada incandescente é formada por um filamento de tungstênio (resistor) confinado em um bulbo de vidro. Uma das extremidades do resistor está ligada a rosca da lâmpada e a outra na sua base. Nestas extremidades está ligado o condutor por onde flui a corrente elétrica necessária para o funcionamento da lâmpada.

Se você gostou do blog, siga o Efeito Joule  Twitter, no Facebook ou receba as atualizações por e-mail.   
 
Nenhum comentário:
Postar um comentário

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.