Aplicações do efeito joule: chuveiro elétrico

Aqui no efeito joule temos uma série de textos com o titulo “aplicações do efeito joule”, continuando esta série veremos como funciona o chuveiro elétrico. Vimos no texto Efeito Joule que o chuveiro é um exemplo de aplicação deste fenômeno da eletricidade e agora veremos que seu funcionamento é bem simples.

Dentro do aparelho existe um resistor que está conectado a rede de energia. Quando abrimos a torneira, a água vai se acumulando dentro do chuveiro e, quando esta chega a certo nível, ela empurra um diafragma que serve como “chave” do chuveiro. O diafragma fecha a conexão entre o resistor e a rede de energia elétrica fazendo com que a corrente elétrica atravesse o resistor e o aqueça por efeito joule.

O calor liberado pelo resistor vai aquecendo a água que está ao seu redor, assim, a água que entra fria sai com uma temperatura bem mais agradável para o banho. Na maioria dos chuveiros elétricos temos duas ou mais opções de temperatura, normalmente identificadas como verão e inverno. Estas opções regulam a potência do chuveiro selecionando o pedaço de resistor que é ativado, ou seja, o pedaço de resistor que é percorrido pela corrente elétrica.

Na posição inverno só uma parte do resistor é percorrida pela corrente, assim, com um resistor menor, os elétrons sofrem um número maior de colisões aumentando a temperatura do resistor e conseqüentemente da água.

Já na posição verão, todo o resistor é conectado, assim, com mais espaço para os elétrons se moverem menor é número de colisões. Logo, a temperatura do resistor é menor e da água também.

Simples, não é mesmo? Não esqueça que o chuveiro é o grande vilão do gasto de energia elétrica em nossas residências. Posicione corretamente a chave de seleção de potência de seu chuveiro, no verão deixe em “verão”.

Se você gostou do blog, siga o Efeito Joule  Twitter, no Facebook ou receba as atualizações por e-mail.  
4 comentários:
  1. Boa tarde!
    Não encontrei no blog algum assunto sobre fluídos entao vou postar aqui minha pergunta:

    Em um recipiente cilindrico que possui capacidade para 58L foi colocado alcool, na base deste recipiente há uma pequena torneira, gostaria de saber como faço (qual formula usar) para calcular a velocidade em que agua escoa se a torneira for aberta totalmente.

    desde já agradeço

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Em um recipiente cilindrico que possui capacidade para 58L foi colocado alcool, na base deste recipiente há uma pequena torneira, gostaria de saber como faço (qual formula usar) para calcular a velocidade em que agua escoa se a torneira for aberta totalmente.

    desde já agradeço

    ResponderExcluir
  3. Essa matéria me ajudou muito no meu trabalho de física.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada, essa matéria me ajudou muito no meu trabalho de ensino de física.
    Obrigada mesmo.

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.
3 - A opção Nome/URL requer HTTP:// no endereço.