Lei dos gases

No texto sobre transformações gasosas vimos algumas leis aplicadas ao estudo dos gases. Relacionado estas leis (Lei de Boyle e Mariotte, Lei de Gay-Lussac e Lei de Charles) chegamos a uma equação que relaciona as três variáveis consideradas no estudo dos gases (pressão, volume e temperatura). Esta equação é chamada Lei dos Gases Perfeitos.

É importante lembrar que a temperatura deve ser medida em uma escala termométrica absoluta (Kelvin).

Na lei dos gases notamos que: P.V / T = a ; onde “a” é uma constante que não sofre alteração durante uma transformação gasosa.

A constante “a” é caracterizada por estar relacionada a:

1) a quantidade do gás, ou seja, ao número de mols (n) do gás.

2) a um fator de multiplicação relacionado a primeira constante, ou seja, com a primeira é n a segunda é R (constante universal dos gases perfeitos).

R = 8,31 J/mol.K

Temos, então, a Equação de Clapeyron:

P.V = n.R.T

Mas, antes de continuarmos no estudo dos gases, vamos resolver um exercício utilizando a lei geral dos gases:

Exercício: Uma dada massa de gás perfeito está em um recipiente de volume 8,0 litros, a temperatura de 7,0 oC, exercendo a pressão de 4,0 atm. Reduzindo-se o volume a 6,0 litros e aquecendo-se o gás, a sua pressão passou a ser 10 atm. Determine a que temperatura o gás foi aquecido.

Resolução

Aplicando a lei geral dos gases perfeitos, temos:

Onde, T0 = 7 +273 = 280K

Substituindo na equação os valores fornecidos pelo enunciado do exercício temos:Logo, T = 525K

Fazendo a transformação para a escala Celsius, temos:

T = 525 – 273 = 252 oC

Para encontrar outros exercícios resolvidos veja o nosso índice de exercícios.


Se você gostou, assine o blog e receba nossas atualizações por e-mail.  Você também pode curtir a nossa página no Facebook.

Você também vai gostar de ler:

5 comentários:
  1. estou querendo saber qual é o valor maximo de temperatura na faze de compressao de um motor que tem um cilindro com 2000cc e que sofre uma taxa de compressao de 17:1. o ar nesse motor entra na temperatura de 20 graus celsius, e com pressao atmosferica.alguem pode ajudar?!

    ResponderExcluir
  2. não entendi uma coisa, o porque de T0 = 7 +273 = 280K??

    ResponderExcluir
  3. não entendi uma coisa, o porque de T0 = 7 +273 = 280K??

    ResponderExcluir
  4. p/ Maced
    irmao a xpressao (T0=7+273) e a conversao d temperatura em celcius para kelvin. ak usou-se a formula (Tk=t+273) sendo t- tmperatura em celcius e Tk -
    temperatura em kelvins

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.