Albert Einstein


Albert Einstein, físico alemão, ganhou o Prêmio Nobel de Física em 1921. Albert Einstein nasceu Ulm em 1879. Filho de Hermann Einstein e Pauline Koch, Einstein tornou-se famoso mundialmente por ter proposto a teoria da relatividade. A família de Einstein se mudou para Munique, onde ele aprendeu a tocar violino e começou a freqüentar o Luitpold Gymnasium até completar 15 anos.

Em 1894, Albert Einstein foi para Aarau, na Suíça, onde em 1896 recebeu o diploma da escola secundária e, no mesmo ano Einstein (com 17 anos) renuncia à cidadania alemã. Einstein cursou o ensino superior na ETH em Zurique e, em 6 de janeiro de 1903, casou-se com Mileva Maric, com quem teve três filhos.


A Física parecia quase que totalmente descoberta no fim do século XIX. Acreditava-se que o éter envolvia todas as coisas e, as ondas de rádio e os raios de luz se propagavam nesse meio, assim como o som se propaga no ar por ondas de pressão. Várias experiências foram realizadas para comprovar esta teoria, mas todas falhavam neste propósito. Uma das experiências mais famosas foi realizada por Albert Michelson e Edward Morley, nesta experiência realizada com muita precisão e vários cuidados, foi provada a inexistência do éter.

Em junho de 1905, Albert Einstein apresentou um artigo que resolveria estes conflitos. Ele propôs que o éter não era necessário para explicar o movimento dos corpos, que as leis da Física são as mesmas em todos os referenciais inerciais e que a velocidade da luz no vácuo é constante nestes referenciais.

A teoria apresentada por Einstein em 1905 foi complementada por outro artigo publicado por ele em 1917. Logo, a Relatividade é formada por duas Teorias:

1) Teoria da Relatividade Restrita ou Teoria da Relatividade Especial (1905).

2) Teoria da Relatividade Geral (1917) que se refere a referenciais acelerados e aos campos gravitacionais.

No artigo publicado em 1905, Einstein apresentou a teoria da Relatividade Restrita que é baseada em dois postulados.

O primeiro é chamado de Princípio da Relatividade e afirma que: As leis da física são as mesmas em todos os referenciais inerciais.

O segundo postulado conhecido como Princípio da constância da luz afirma: A velocidade da luz no vácuo, c, é a mesma em todas as direções e em todos os referenciais inerciais.

Albert Einstein ganhou o Prêmio Nobel da Física de 1921 pela explicação do efeito fotoelétrico. O seu trabalho teórico possibilitou o desenvolvimento da energia atômica, apesar de não prever tal possibilidade.

Em outubro de 1933, Einstein foi para os Estados Unidos e, em 1940 ganhou a cidadania americana, mantendo também a cidadania suíça. Em 18 de abril de 1955, em Princeton, Albert Einstein faleceu aos 76 anos, em conseqüência de um aneurisma.


Se você gostou, assine o blog e receba nossas atualizações por e-mail.  Você também pode curtir a nossa página no Facebook.

Você também vai gostar de ler:

2 comentários:
  1. no dia 23.3. 1927 Albert Einstein escreveu uma carta para o colega Dº Joaquim Bensaude em Lisboa recomendando Sr. Ariel Bension (representante de Karen Hajessod)
    -veja link no myhomepage/nome-
    click foto para ler tradução no original
    Ralf

    ResponderExcluir
  2. Para quem queira saber um pouco mais da vida deste grande ciêntista sugiro o livro:

    Einstein - sua vida, seu universo
    Autor Walter Isaacson
    Editora Companhia das Letras
    Sumário:
    1. O passageiro do raio de luz
    2. Infância
    3. A Politécnica de Zurique, 1896-1900
    4. Os apaixonados
    5. O ano miraculoso:quanta e moléculas, 1905
    6. a relatividade especial, 1905
    7. O pensamento mais feliz, 1906-1909
    8. O professor ititerante, 1909-1914
    9. A retatividade geral,1911-1915
    10.Divórcio, 1916-1919
    11.O universo de Einstein, 1916-1919
    12.Fama, 1919
    13.O sionista errante, 1920-1921
    14.Prêmio Nobel, 1921-1927
    15.Teorias de campo unificado, 1923-1931
    16.Cinquenta anos,1929-1931
    17.O Deus de Einstein
    18.O refugiado, 1932-1933
    19.Estados Unidos, 1933-1939
    20.Emaranhamento quântico, 1935
    21.A bomba, 1939-1945
    22.Denfesor de um mundo único, 1945-1948
    23.Um marco, 1948-1953
    24.A ameaça vermelha, 1951-1954
    25.O fim, 1955.
    O livro narra a trajetória de vida, sua personalidade, o convivio familiar e claro seu legado para a humanidade. O autor teve acesso a parte de sua correspondência no qual desnuda sua vida íntima, considerada por alguns críticos como a obra biográfica mais completa deste cientista. O livro conta com ilustrações, a maioria fotos da época.

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.