Isaac Newton

Isaac Newton nasceu no dia de natal de 1642, mesmo ano em que Galileu faleceu, em Woolsthorpe, Ingraterra. Mas de acordo com o calendário Gregoriano, que utilizamos hoje, a data do nascimento de Newton seria 4 de Janeiro de 1643, e de sua morte 31 de março de 1727 em Londres, Inglaterra.


Newton foi um dos mais brilhantes cientistas de todos os tempos. Quem nunca ouviu falar nas Leis de Newton? Tais leis mudaram a maneira de como o homem encara o universo.


Isaac Newton nunca se casou, na verdade viveu praticamente toda sua vida se dedicando a pesquisa. Em 1665 a peste atormentava a Europa e a Universidade de Cambridge, onde Newton se graduou, entrou em recesso. Foi quando Newton voltou à cidade natal e neste local conseguiu realizar suas grandes descobertas. Como não teve um bom aprendizado matemático, ele aprendeu boa parte da matemática sozinho, desta maneira, acabou inventando uma nova matemática, os fluxions, o que chamamos de Cálculo diferencial e integral, a maior revolução na matemática desde Euclides.


Utilizando os fluxions, Newton conseguiu dar um enorme salto na ciência, conseguiu o que todos buscavam na época, uma teoria física unificada. Analisando o movimento da lua ele chegou a uma descrição perfeita para os movimentos, uma descrição que poderia ser utilizada tanto para os astros como para objetos menores na terra. Esta teoria unificada é descrita em três leis, conhecidas como as leis de Newton:


A primeira Lei de Newton é a lei da Inércia: Na ausência de forças externas, um objeto em repouso permanece em repouso, e um objeto em movimento permanece em movimento.


A segunda Lei de Newton ou princípio fundamental da dinâmica diz que, a força aplicada a um objeto é igual à massa do objeto vezes a aceleração.


A terceira Lei de Newton é a Lei da ação e reação: Se um objeto exerce uma força sobre outro objeto, este outro exerce uma força de mesma intensidade, de mesma direção e em sentido oposto.


Com estas três leis chega-se a Lei da Gravitação Universal. Que propõem que dois corpos, a uma distância d entre si, se atraem mutuamente com uma força que é proporcional à massa de cada um deles e inversamente proporcional ao quadrado da distância (d) que os separa.


Apesar de todas estas descobertas, Newton as manteve em sigilo por um longo tempo. Sua primeira publicação foi sobre óptica, assunto que na época era de grande valor já que os olhos de todos estavam voltados para o mar e para as estrelas que os guiavam. O telescópio era um problema interessante naquele tempo e Newton se dedicou para aperfeiçoá-lo.


Em 1666 Newton começou a pensar sobre o problema das franjas coloridas nas bordas das lentes do telescópio e, resolvendo o problema, propôs que a luz branca pode ser separada fisicamente em outras cores. Um conceito que a comunidade científica da época não aceitou rapidamente, levando Robert Hooke e outros físicos a reunirem argumentos contra esta teoria.


Newton levou 20 anos para revelar seu segredo maior a toda comunidade científica. Persuadido por Halley, Newton publicou o Philosophiae naturalis principia mathematica ou Principia em 1687. Neste maravilhoso livro, Newton explicou uma grande variedade de fenômenos como a órbita excêntrica dos cometas, o movimento das marés e o movimento da Lua perturbado pela gravidade do Sol.


Ao fim de sua vida, Newton já era bem reconhecido na comunidade científica e Internacionalmente. Já havia abandonado a pesquisa para ser Superintendente da Casa da Moeda, também se tornou presidente da Royal Society e foi sagrado cavaleiro, sendo chamado Sir Isaac Newton.

Confira uma tirinha sobre Isaac Newton na nossa série Vestibulário!
4 comentários:
  1. O Blog é muito especial. Há informações sobre cientistas e pesquisadores que eu nunca havia ouvido falar. Parabéns

    ResponderExcluir
  2. ps: um corpo em movimento tende a permanecer em movimento RETILÍNEO UNIFORME

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Leia antes de comentar:

1 - Comentários ofensivos, escritos em CAIXA-ALTA, spam e similares serão deletados.
2 - O autor deste blog não se responsabiliza por opiniões emitidas nos comentários. Essas opiniões não refletem as do autor do blog.