Novo sistema de ensino de física

Cronologia da Física

Pensando nos próximos textos para o blog me veio a idéia de colocar aqui uma cronologia da Física. Isso vai nos ajudar a visualizar um pouco da história desta ciência e organizar os próximos textos, já que com o tempo vou escrevendo sobre os cientistas e suas teorias e adicionando aqui os links pra estes artigos. A cronologia ainda é bem curta, mas com o tempo vou aperfeiçoando e, é claro, acrescentando mais sobre física moderna.


Cronologia da Física


? - Árabes, egípcios e outros desenvolvem o atual sistema de numeração, a geometria primitiva e a matemática básica.


525 a.C. - Pitágoras obtém uma síntese do misticismo e da matemática, desviando-se dos mitos para os números na busca da fonte da verdade.


335 a.C. - Aristóteles formula modelo de cosmo cujo centro é a Terra, imóvel.


295 a.C. - Euclides publica os Elementos, codificando a geometria clássica.


240 a.C. - Arquimedes desenvolve a mecânica clássica e a física elementar.


100 - Cláudio Ptolomeu elabora complexo modelo do universo centrado na Terra que é base da astronomia por mais de 1.400 anos.


1543 - Nicolau Copérnico publica De revolutionibus, postulando um universo centrado no Sol.


1572 - Tycho Brahe observa uma nova (ou estrela nova), prova de que o universo centrado no Sol.


1600 - O inglês William Gilbert publica De magnete, sobre eletricidade e magnetismo.


1610 - Galileu Galilei observa pela primeira vez o céu noturno através de um telescópio e anuncia descobertas que confirmam a concepção copernicana do universo.


1619 - Johannes Kepler demonstra que as órbitas dos planetas são elípticas e desenvolve leis do movimento planetário.


1687 - Isaac Newton publica os Principia e demonstra que a força gravitacional, que obedece a uma lei do inverso do quadrado da distância, explica tanto a queda dos corpos na Terra quanto o movimento da Lua em sua órbita. Leia sobre as Leis de Newton.


1690 - Huygens formula a teoria ondulatória da luz.


1738 - O suíço Daniel Bernoulli publica estudos sobre a pressão e a velocidade dos fluidos.


1799 - Pierre-Simon Laplace lança as bases matemáticas da hipótese da gravitação de Newton: desenvolve a teoria da probabilidade e ajudar a funda o sistema métrico.


1824 - Christian Doppler descobre que, para um observador estacionário, emissões (luz ou som) de uma fonte em movimento parecerão ter freqüência mais alta se o objeto estiver se aproximando, mas mais baixas se ele estiver se afastando – o “Desvio Doppler”.


1827 - O alemão Georg Simon Ohm formula a lei que relaciona o potencial, a resistência elétrica e a corrente elétrica (Lei de Ohm).


1831 - Michael Faraday descobre a indução eletromagnética.


1843: O físico britânico James Prescott Joule (1818-1889) mede, pela primeira vez, o equivalente mecânico do calor.


1848 - William Kelvin determina o zero absoluto.


1849 - Jean-Leon Foucault desenvolve métodos para medir a velocidade da luz no ar e descobre que, na água e em outros meios, essa velocidade diminui proporcionalmente ao índice de refração.


1860 - Robert Bunsen e Gustav Kichhoff desenvolvem a base da análise espectral.


1864 - James Clerk Maxwell publica o Tratado sobre eletricidade e magnetismo, que torna possível uma compreensão muito maior dos fenômenos nesse campo.


1879 - Albert Michelson usa os princípios de Foucalt para determinar a velocidade da luz.


1894 - Heinrich Hertz demonstram que as ondas eletromagnéticas se deslocam com a velocidade da luz e podem ser refletidas, refratadas e polarizadas como a luz.


1895 - William K. Roentgen descobre os raios X, o que lhe valeu o primeiro Prêmio Nobel de Física.


1898 - Marie e Pierre Curie identificam os elementos radioativos rádio e polônio.


1900 - Max Planck postula a teoria quântica da radiação; desenvolve a base da física quântica.


1904 - Ernest Rutherford propõe que a quantidade de hélio produzida pelo decaimento radioativo de minerais em rochas poderia ser usada na determinação da idade da Terra.


1905 - Albert Einstein publica artigos sobre a relatividade restrita e o efeito fotoelétrico.