Novo sistema de ensino de física

Sistema Internacional de Unidades (SI)

Antes de iniciar o estudo de alguma teoria Física, é importante entender alguns conceitos básicos e fundamentais. Por isso, inicio hoje uma série de textos de Introdução à Física. Percebo que muitos alunos acabam não avançando nos estudos, e por isso não passam no vestibular, por não terem contato com estes conceitos. Neste primeiro texto vamos estudar as unidades e a importância do Sistema Internacional de Unidades (SI).

No nosso dia-a-dia expressamos quantidades ou grandezas em termos de outras unidades que nos servem de padrão. Um bom exemplo é quando vamos à padaria e compramos 2 litros de leite ou 400g de queijo. Na Física é de extrema importância a utilização correta das unidades de medida.

Existe mais de uma unidade para a mesma grandeza, por exemplo, 1metro é o mesmo que 100 centímetros ou 0,001 quilômetro. Em alguns países é mais comum a utilização de graus Fahrenheit (°F) ao invés de graus Celsius (°C) como no Brasil. Isso porque, como não existia um padrão para as unidades, cada pesquisador ou profissional utilizava o padrão que considerava melhor.

O grande problema estava nas comunicações internacionais. Como poderia haver um acordo quando não se falava a mesma língua? Para resolver este problema, a Co
nferência Geral de Pesos e Medidas (CGPM) criou o Sistema Internacional de Unidades (SI).

O Sistema Internacional de Unidades (SI) é um conjunto de definições,
ou sistema de unidades, que tem como objetivo uniformizar as medições. Na 14ª CGPM foi acordado que no Sistema Internacional teríamos apen
as uma unidade para cada grandeza. No Sistema Internacional de Unidades (SI) existem sete unidades básicas que podem ser utilizadas para derivar todas as outras. Estas sete unidades básicas são:




Olhem o que pode acontecer se o Sistema internacional de Unidades não é adotado:

Exercício que envolve conhecimentos do SI:





Se você gostou do blog curta nossa página no Facebook ou receba as atualizações por e-mail.